Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Crenças em crianças

O desenvolvimento da organização cerebral da criança permite-lhe, aos quatro anos, ter já desenvolvida uma longa lista de crenças. Ou seja, a criança acredita já que o mundo, as pessoas e ela própria "são" de uma determinada forma!

Estas crenças, por serem desenvolvidas sem auxílio de grandes processos cognitivos (a criança não pensa ainda muito acerca das suas próprias crenças) são fortemente ligadas a processos emocionais ditados pelo sistema límbico.

É por isto que algumas das mais inportantes crenças que possuimos na idade adulta, quando questionadas, nos deixam com aquela cara de "nunca tinha reflectido muito sobre isto".

Curiosamente, são também estas as crenças que temos mais dificuldade em alterar!

Quando contacta com crianças pequenas, que crenças lhes está a passar? Serão as que terão tendência a permanecer de forma mais enraízada nas redes neuronais do futuro adulto!

Dá que pensar não é? Crença minha ;-)

Sem comentários: