Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

O treinador e o plantel

No início de cada temporada desportiva, o treinador monta o seu plantel, ou seja, selecciona os seus jogadores, treinadores adjuntos, etc.

Durante a época, o treinador dá o seu melhor para alcançar os resultados que o seu clube quer, utilizando para tal o seu plantel.

No final da temporada (e frequentemente ainda com esta em andamento), o treinador e os responsáveis pelo clube analisam os resultados e decidem quem deve continuar no clube, a começar pelo próprio treinador. Eventualmente, mesmo que os resultados atingidos não tenham sido os desejados, pode haver uma aposta renovada no treinador e serem alterados alguns (ou muitos jogadores). Raramente isto se repete por muito tempo... É que, com a rotação de jogadores, a falta de resultados começa a ser imputada ao treinador...

Agora, releia os parágrafos anteriores, substituido clube por empresa, plantel por recursos humanos, treinador por director... Encaixa perfeitamente, excepto o último parágrafo... É que, ao contrário dos clubes desportivos, há empresas em que a falta de resultados é sempre imputada ao plantel e não ao treinador! Só assim se explicam os muitos "treinadores" que sem nunca terem atingido resultados, continuam a fazer "rodar" os seus plantéis...

Já dizia Jim Collins que no momento da falta de resultados, o director pode olhar pela janela ou pelo espelho! Para onde olha quando não está a atingir aquilo que quer?

1 comentário:

Vasco Gaspar disse...

Hehehe. Sem dúvida! Infelizmente (ou felizmente para os Consultores)em Portugal ainda são poucas as empresas boas, quanto mais as excelentes... :)