Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Hipnose e Cirurgia

Em 2007, o Journal of the National Cancer Institute (EUA) publicou um interessante estudo sobre a utilização de hipnose em pacientes prestes a submeter-se a cirurgias relacionadas com cancro da mama.

Neste estudo, as pacientes que se submeteram a uma sessão de 15 minutos de hipnose com um psicólogo antes da cirurgia reportaram menos dor, menos náuseas, fadiga e stress emocional do que o grupo de controlo. Mais interessante ainda, o grupo das "hipnotizadas" necessitou de menos anestesia durante a operação.

Para além de todos os resultados pessoais obtidos pelas pacientes, há ainda a considerar uma poupança média de 700 dólares por paciente por diminuição do tempo necessário na sala de operações!

Nos seus primeiros workshops, na década de 70, John Grinder e Richard Bandler, co-criadores da Programação Neuro-Linguística, costumavam intrigar os participantes (muitas vezes psicólogos, psiquiatras e outros terapeutas) com as aparentemente conflituosas afirmações sucessivas de que "a hipnose não existe" e "tudo é hipnose".

Depois de estudar este fenómeno durante algum tempo, consegui realmente perceber aquilo que eles queriam dizer (até porque tive a possibilidade de estudar directamente com o John Grinder e perguntar!)... Aí vai... O facto é que...

A hipnose não existe
E
tudo é hipnose!


Dá que pensar, não é?

sábado, 25 de dezembro de 2010

Manifesto de Natal

Dia de Natal, neve em todo o lado (estou na Suécia), o silêncio que acompanha o manto branco domina a paisagem...

Tempo de celebrar com a família, tempo de reconhecer (pelo menos é o que fazem a maior parte das pessoas) que aqueles de quem gostamos são a coisa mais importante do mundo e que também no nosso coração há um espaço para aqueles de quem não gostamos e até para aqueles que nem sequer conhecemos. Há quem diga que é o espírito humano no seu melhor. Muitos cientistas diriam apenas que é a nossa moral inata, aquela com que nascemos, a assumir o controlo do nosso cérebro, passando por cima de algumas das nossas emoções "mundanas" e dando-nos a sentimentos que, por estarem codificados geneticamente, nos parecem verdadeiramente transcendentes e "religiosos"!

Pessoalmente, escrevo para mim este manifesto de Natal, se quiser pode fazê-lo seu! ;-)

1. Que esta noção de prioridades possa manter-se ao longo dos meus dias, sabendo que a dinâmica eu/outros entrega máximos resultados emocionais quando me foco nos "outros" para sentir o melhor do "eu" e desenvolvo o "eu" para poder servir/ligar-me da melhor forma aos "outros"

2. Que a saudável vontade de ser reconhecido/amado pelos outros (metaforizada nos presentes natalícios) possa ser assente na vontade de reconhecer/amar os outros primeiro!

3. Que a vontade de aprender/desaprender/crescer possa ser sempre movida pela mesma curiosidade com que desembrulhamos um presente com uma forma inusitada, e que possa apreciar os presentes da vida até quando são simples "meias".

4. Que a boa disposição infantil com que faço coisas novas por estes dias (como sair para a noite gelada vestido de Pai Natal para alegrar a noite dos miúdos) se manifeste todos os dias, para que assim possa alargar zonas de conforto e ser mais e melhor!

Ahhhhhh, o Natal é quando um homem quiser, ouvi dizer... Pois bem, "este" Natal quero todos os dias! E tu?

domingo, 12 de dezembro de 2010

Neurolinguística AGORA!

Ontem à noite estive a facilitar, em Lisboa, um workshop de Introdução à NeuroLinguística, com cerca de 50 pessoas presentes. Ao longo dos 12 últimos meses, tivemos mais de 500 pessoas nos workshops de PNL, certificamos 57 Practitioners e temos os nossos próximos cursos de Practitioner em Janeiro (Porto), Março (Lisboa) e Master Practitoner em Maio (Algarve)... quase esgotados.

De onde vem este interesse pela PNL, uma área do conhecimento que já existe há quatro décadas? Bem, acredito que o bom trabalho que tenho feito, juntamente com a equipa da LIFE Training, seja uma das explicações... Há mais! Correndo o risco de fazer ecoar uma voz semelhante às dos profetas New Age, parece existir realmente um número crescente de pessoas que ganha um novo sentido crítico em relação à sua vida e aos seus resultados e procurar novas aprendizagens/abordagens que lhe permita sair do buraco emocional em que se possa encontrar...

No meu dia-a-dia, trabalhando com equipas empresariais ou despotivas, com adultos ou adolescentes, com homens ou mulheres, vou encontrando padrões fascinantes, que me permitem compreender um pouco melhor este extraordinário ser humano (e assim, vou-me também descobrindo e compreendendo a mim, o que é um efeito residual magnífico). Estes padrões são um passo maravilhoso de ligação entre o indíviduo e a estrutura. É que quando conseguimos chegar à estrutura, ganhamos o súbito poder de, num bater de coração, alterarmos tudo!

Escreve Eduardo Punset, o inspirado divulgador científico espanhol, que é urgente aprender a desaprender! Ensinou-me isso mesmo a PNL e nunca como hoje o consegui dizer tão bem. Usando Punset, a PNL ensinou-me desensinando-me e que mais poderia eu desejar?

Quando desaprendemos, ganhamos a possibilidade de voltar a aprender o mesmo (gerando o mesmo resultado) ou aprender coisas diferentes (nem melhores, nem piores, simplesmente diferentes). Ora, dessa forma, enriquecemos a a nossa diversidade informativa neuronal, ampliamos o nosso leque de escolhas e incrementamos a flexibilidade comportamental.

Neste processo ainda afrouxamos a noção de identidade e ego. Até Eckhart Tolle ficaria satisfeito!

Nas últimas semanas tive oportunidade de contactar com muitas das pessoas que certifiquei (em nome da International Trainers Association) como Practitioners de PNL. E pude observar com os meus sentidos bem despertos sinais extraordinários de desenvolvimento, que é como quem diz, novas e redobradas capacidades de escolha emocional. E quem é capaz de, equilibrando os processos limbícos e corticais, produzir escolhas eficientes (as melhores das quais inconscintes!) sente algo que, embora nem sempre fácil de narrar, se observa com carinho e emoção.

Um dia, as meta estruturas da PNL (com este ou outro nome, pois isso é o que menos importa) serão apresentadas, discutidas e treinadas no início do período escolar. Ou até bem antes, com pais informados e atentos a ajudarem os seus filhos a aprenderem e desaprenderem ao ritmo dos resultados pretendidos pelas crianças. Até esse dia chegar, o projecto de uns tornar-se-á o projecto de muitos. Obrigado pelo seu contributo!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Açores, chuva e ressignificação

Ontem à noite, ao chegar ao Aeroporto João Paulo II em Ponta Delgada, e perante a chuva forte que parecia ter caído, fiz um daqueles comentários de circunstância ao Chico, que me tinha ido buscar ao aeroporto:

- Isto está de chuva, ah?

A resposta saiu pronta...

- Ainda bem, pois só assim os Açores podem ter o verde de que os visitantes tanto gostam!

É bom perceber que a estratégia da ressignificação é tão bem utilizada por tanta gente neste mundo. Olhar para um evento externo e descrevê-lo a partir de uma estrutura frásica do género:

1. Isto é óptimo, pois...
2. Ainda bem que isto aconteceu, pois...
3. Adoro isto, pois...

É curioso como, com excepção de eventos de forte carga emocional negativa, facilmente nos conseguimos referir nestes moldes aos acontecimentos externos que pontuam as nossas vidas.

Imagine por uns instantes que os nossos líderes políticos (governantes e opositores) começavam as suas intervenções por uma das três estruturas atrás propostas. Uau, era incrível! Aliás, vai ser incrível, pois mais tarde ou mais cedo a ressignificação positiva vai chegar à política! (se é político e quer saber como se faz, envie-me um email!)

Agora, imagine que os nossos editores de jornais e telejornais também se rendiam ao poder da ressignificação positiva. Podia continuar com as mesmas notícias, aprenderiam a usar prismas diferentes. Continuavam a informar e passavam também a influenciar positivamente. Era fantástico! Aliás, vai ser fantástico, pois mais tarde ou mais cedo, a ressignificação positica vai chegar aos media! (já chegou a alguns, se é editor e quer saber como utilizar esta poderosa técnica... mande-me um email).

É que para haver Açores verdes... é necessário haver chuva!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

As coisas que terminam com "ão"

A professora da primeira classe acaba de apresentar aos alunos o ditongo "ão", todos treinam durante alguns minutos e é depois lançada a questão:

- "Que palavras conhecem que acabam em ão"?

A minha filhota, sentada na última carteira da sala ("é onde a professora senta os meninos que se portam bem", diz-me ela), tem muita vontade de dar uma boa resposta só que "a cabeça não estava a pensar rápido e os outros meninos diziam as palavras mais depressa".

- "Mão".
- "Pão".
- "Limão".

As palavras sucedem-se e a miúda continua sem conseguir dar uma resposta, pois alguém se antecipa e diz a palavra em que ela estava a pensar...

Finalmente, a luz! Uma palavra que ainda não foi listada! O sorriso abre-se, com a certeza de que vai receber uma boa observação da professora. Inspira fundo, coloca a mão no ar, aguarda a sua vez e dispara...

- "Cagão".

terça-feira, 19 de outubro de 2010

A Estratégia do Eu e a Estratégia dos Outros

Ontem, durante mais uma sessão do Curso de Coaching Desportivo (que há semanas junta no auditório do IDP no Porto algumas caras bem conhecidas do mundo desportivo lusitano), reflectimos um pouco sobre a diferença entre estas 2 estratégias:

Estratégia do EU: o meu foco mental está fortemente condicionado pela satisfação das MINHAS necessidades, as minhas acções são orientadas para a melhoria dos MEUS resultados

Estratégia dos OUTROS: o meu foco mental está fortemente condicionado pela satisfação das necessidades dos OUTROS, as minhas acções são orientadas para a melhoria dos resultados dos OUTROS

Seguiram-se algumas considerações:

1. Quando utilizamos quase exclusivamente a primeira estratégia (EU) temos tendência a assumir de uma forma pragmática a responsabilidade pelos nossos resultados. Podemos ter também a tendência de nos isolarmos ao termos dificuldade crescente em manter relações saudáveis (chega o momento em que os outros se fartam do nosso foco no EU).

2. Quando utilizamos quase exclusivamente a segunda estratégia (OUTROS) temos tendência a cultivar menos as nossas opiniões e auto-estima. Podemos ter mais facilidade em cultivar relações (embora algumas delas se possam basear no aproveitamento que outros possam fazer do nosso foco... nos OUTROS)!

3. Quando utilizamos de forma dinâmica as duas estratégias, podemos criar uma realidade onde assumimos responsabilidade pelos nossos resultados (fazemos por nós!) e simultaneamente conseguimos valorizar a implicação que as nossas acções têm nos resultados dos outros.

Voltei para casa a pensar nisto e também na forma como é possível usar a primeira estratégia mascarando-a como se fosse a segunda... (Faço tudo por MIM e depois digo que é pelos OUTROS...)

Um assunto complexo, a demandar mais comentários... O que achas?

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Como alcançar a superação?

Uma das coisas que me fascina é a capacidade de superação revelada por algumas pessoas em situações diversas, do trabalho ao desporto, da família ao desenvolvimento pessoal. De onde vem a competência de continuar onde os outros desistem? É algo com que se nasce? Treina-se? Depois de ter observado esta questão ao longo dos últimos anos, as primeiras respostas começam a ficar claras!

1) A superação desenvolve-se fortemente durante os primeiros anos de vida. O estímulo positivo que as crianças recebem dos pais e educadores em função do seu esforço e dedicação (mais do que em função do resultado) são poderosas âncoras que serão activadas continuamente durante a adolescência e idade adulta. Quando observamos crianças de 5/6 anos podemos já observar grandes diferenças em termos de capacidade de entrega à resolução de problemas, persistência perante o insucesso e capacidade de ir mais longe (querer fazer puzzles com mais peças, contas matemáticas mais complexas, desenhos mais elaborados, etc). Aparentemente (vários estudos publicados na última década apontam neste sentido) existe uma correlação estatística forte entre estas capacidades e os estímulos recebidos. Dica para os pais… trocar o “parabéns pelo resultado” pelo “parabéns pelo esforço”.

2) A superação treina-se com… superação! Grandes exemplos e histórias pessoais de superação assentam normalmente num historial de “mini-superações”. O ultramaratonista que corre centenas de quilómetros habituou-se a superar-se quilómetro a quilómetro! O vendedor que consegue superar 50 nãos consecutivos, habituou-se a superá-los um a um. Qualquer corrida começa com o primeiro passo. Ora, muitas vezes, o foco vai direitinho para a dificuldade de completar a corrida em vez de ir para a facilidade de dar o próximo passo.

3) A superação transmite-se. Quando nos aproximamos de pessoas que criaram o hábito de querer e fazer mais e melhor, deixamo-nos influenciar e inspirar, buscando superação também na nossa vida. É raro encontrar casos excepcionais de superação de pessoas que estão rodeadas de grupos que desincentivam o esforço e a crença na possibilidade de concretização de objectivos ambiciosos.

Ou seja, se quer superar aquilo que já fez até agora… Treine e rodeie-se de pessoas positivas e dedicadas ao seu próprio desenvolvimento. Se recebeu estímulos positivos na sua infância… tanto melhor!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

TriPapá e o Milagre do Amor

Quando a minha filhota Liv nasceu, há 6 anos, percebi pela primeira vez o que era sentir amor incondicional por um pequeno ser. A responsabilidade de acolher neste extraordinário mundo uma nova pessoa foi tomada muito a sério. Senti uma profunda gratidão pela oportunidade e o amor foi crescendo, crescendo...

Após 3 anos, pensamos em dar um irmão à Liv. Embora pudesse antecipar a resposta, perguntei-me várias vezes se a chegada de um novo pequenote alteraria o amor que sentia pela minha filha. E, de facto, alterou... Passei a amá-la ainda mais! Tal parecia impossível (e o impossível é só o que ianda não aconteceu, claro!) umas semanas antes... Vê-la interagir com o irmão mais novo... a palavra certa é... bem... digamos, inefável!

Ora, o milagre voltou a repetir-se (sim, os milagres também se repetem, amigos!) com a chegada do terceiro filhote. O amor intenso sentido pelos irmãos mais velhos... cresceu, multiplicou-se exponencialmente...

Procuro encontrar algumas razões neurológicas para estas sensações tão fortes... acho que consigo avançar com algumas boas explicações... o mais giro, porém, é mesmo curtir este momento!

Já agora... como será com quatro? ;-)

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Quer ser Practitioner de PNL?

Ser Practitioner de Programação Neuro Linguística é adoptar um estilo de vida mental... saudável e eficiente. O que acarreta benefícios inigualáveis ao nível físico e emocional!

Em 2010, a LIFE Training formou seis dezenas de novos Practitioners!
Em 2011, vamos formar ainda mais:

Em Janeiro, no Porto!
Em Março, em Lisboa!
Em Outubro, em local a definir (talvez Algarve ou Coimbra?!)

e em Maio, vamos realizar o primeiro curso de Master Practitioner (Funchal é forte hipótese!)

Toda a informação neste link:
http://www.lifetraining.com.pt/ficheiros/produtos/pdfs/Certificao_em_PNL_2011.pdf

Envie-me dúvidas, questões, provocações. Eu gosto de responder!

2011 vai ser mais um ano UAU!

domingo, 8 de agosto de 2010

Correr, correr, correr!

O que se pode aprender enquanto se corre?

Nos últimos dias, tenho aproveitado uns belos dias de Verão sueco para voltar a correr. Devagarinho e poucos quilómetros de cada vez (6,8 e 10 nos 3 primeiros dias) para que o meu sistema se possa ir ambientando às novas exigências a caminho da Maratona do Porto no próximo dia 7 de Novembro. (vai ser bom chegar lá com menos 5 quilos, já agora!)

Enquanto corremos, acontecem frequentemente alterações dos padrões de pensamento consciente, pois, perante o desafio de ter de lidar com as novas tarefas inerentes à corrida, o sistema passa a operar activando áreas da neurologia menos frequentes. Assim, novos pensamentos rompem mais facilmente as barreiras da consciência. É por isso que são muitos os escritores ou pensadores que gostam de criar enquanto fazem desportos de resistência.

Como estou a escrever um novo livro, este estímulo está a ser muito produtivo. Assim, para os próximos dias tenho previstas longas corridas pelas florestas e praias do Sul da Suécia.

Que tipo de situações criar no seu dia-a-dia para poder libertar-se das rotinas de pensamento habituais e entrar em períodos de mini-transe onde novos pensamentos podem florescer? Há quem goste da jardinagem, há quem prefira a meditação! A minha sugestão de hoje é a corrida!

O importante é que deixe o seu sistema explorar as fronteiras da criação introduzindo maior stress ou praticando a ausência de stress. Para os interessados em hipnose e PNL, podemos chegar à alteração dos nossos mapas neuronais através da máxima abstracção (ausência de stress prático e ligação com o propósito) ou da máxima especificidade (introdução de stress prático e descoberta de novas soluções).

Claro que pensei nisto... enquanto corria! ;-)

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Uma reflexão sobre razões para ter filhos...

Ontem à noite, o pequeno Erik, depois de ter vomitado duas vezes... pediu para vomitar novamente... dirigiu-se à casa de banho, abriu a boca e... nada... olhou para a mãe, e com o ar interrogativo que um pequenito de dois anos e meio sabe fazer tão bem, perguntou "ó mãe, porque é que já não funciona?"

Quando os nossos filhotes nos colocam questões em que nunca tinhamos pensado, crescemos! Se não houvesse milhares de outras, que bela razão esta para ter filhos!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

LIFE Energy a 1000!


Depois de 2 anos de actividade, a equipa da LIFE Training vai juntar 1000 pessoas no próximo dia 23 de Julho, na Exponor, para um MEGA LIFE ENERGY!


Para fazer parte deste evento histórico, só precisa de se inscrever em http://www.lifetraining.com.pt/ (o evento é gratuito, sendo que à entrada será solicitada uma contribuição de 5 euros para a Associação O Sorriso da Rita).


Poderá assistir a apresentações de alguns dos melhores palestrantes nacionais, e receber toda a energia da equipa LIFE Training. A intenção é elevar os níveis de motivação e energia... a SUA MOTIVAÇÃO e a SUA ENERGIA!


Vai ser fantástico, conto consigo!


(veja acima a newsletter da LIFE Training que faz menção ao evento ou entre directamente no site http://www.lifetraining.com.pt/)


EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEENERGIA!


terça-feira, 8 de junho de 2010

Mais dicas SPIDER: área espiritual!

Olá, amigos!

Acabado de chegar da Praça da Alegria (RTP1), aqui ficam as dicas para a área espiritual que foram lançadas no workshop SPIDER no início de 2010, para Um Ano Único (UAU!)

1) Dar antes de receber - Este princípio parece estar presente na maior parte das tradições religiosas e aponta claramente para os benefícios de nos focarmos em dar aos outros. Quando queremos receber algo (dinheiro, felicidade, amizade, fidelidade, amor...) é forma egoisticamente mais saudável para lá chegarmos é... dar primeiro! Foque-se em dar hoje e veja o que acontece amanhã!

2) Abdicar da razão - A razão, essa doce vitória mental, afasta-nos muitas vezes da felicidade. Estamos dispostos a faezr muito para termos razão, para provarmos a nós e aos outros que estamos certos. Aceitar a razão dos outros não é também uma forma de ter razão? Em casos de dúvida e conflito, faça mais vezes a pergunta "nesta situação, é mais importante ter razão ou ser feliz?"

3) Imagine que hoje é o fim - se hoje fosse o último dia da sua vida, o que faria? A que pessoas falaria do seu amor e gratidão? Que ideias lançava? Que perguntas fazia? Imagine por um momento que este é mesmo o último dia e... faça essas coisas! E amanhã poderá ter um novo último dia!

Se não apanhou as dicas anteriores, aqui ficam os links:

Área Física
Área Emocional
Área Mental
Área Financeira

Com votos de um segundo semestre de 2010... UAU!

terça-feira, 1 de junho de 2010

As minhas aprendizagens... no último Practitioner

Foi num clima absolutamente fantástico que terminou no domingo a 2.a edição da Certificação Internacional de Practitioner em PNL (Programação Neuro Linguística)...

Oito dias de desafio, aprendizagem, camaradagem e alinhamento, garantiram algo muito bonito (para mim): 17 novos practitioners focados em fazer a diferença na sua vida e na vida dos outros!

As minhas principais aprendizagens neste evento foram...

1) Quando o foco é servir o grupo, todos os eventos (preparados ou não) podem ser de uma imensa utilidade e proporcionar aprendizagens literais e metafóricas de grande valia

2) Qualquer que seja o ponto de partida, há sempre estratégias para garantir a chegada ao objectivo definido

3) A congruência é viral! Quanto mais congruentes formos, mais congruentes serão os outros

Neste curso contei com o apoio de uma equipa dedicada e motivada de 7 assistentes, que foram incansáveis para que os participantes tivessem à disposição o melhor contexto de aprendizagem. MEGA OBRIGADO, colegas!

Próxima aventura... 4 a 11 de Julho em Lisboa! Contamos contigo?

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Dicas para melhores resultados... financeiros!

Já quase 40% de 2010 passou e ainda tanto por conquistar rumo aos nossos objectivos!

Ao longo dos últimos meses tenho vindo a partilhar as estratégias que foram apresentadas no famoso workshop SPIDER de Janeiro de 2010! Hoje, aqui ficam as 3 dicas para a área financeira. Use, abuse e... comente! Abraço SPIDER!

1) Olhe para os custos e para as receitas em simultâneo. Há pessoas que se focam sobretudo em ganhar mais dinheiro e outras sobretudo em gastar o mínimo possível. Pela minha experiência, as pessoas que conseguem ter uma ligação mais saudável com a sua área financeira tendem a focar-se em ambas as coisas. Boas decisões de alocação de custos associadas a boas medidas para expandir a receita parecem ser as regras do jogo!

2) Descubra a razão pela qual quer ter mais dinheiro. Apesar da esmagadora maioria das pessoas afirmar querer ter mais dinheiro, nem toda a gente tem fortes razões para o conseguir. Ou então as razões existem e são sobretudo definidas pela negativa ("tenho de ter mais dinheiro para não faltar nada aos meus filhos", o que contrastaria com "quero ter mais dinheiro para poder oferecer ainda mais aos meus filhos").

3) Pratique a gratidão e o desapego. A minha relação pessoal com o dinheiro mudou a partir do momento em que passei a focar-me primeiro no que já tenho e sentir satisfação por isso antes de me focar no que gostaria de ter adicionalmente. É curioso que quando se faz este exercício, as emoções financeiras tendem a tornar-se mais saudáveis, não é?

Pergunta final para reflexão... o que é mais importante: ter dinheiro ou sentir-se bem com o dinheiro que se tem?

Continuação de 2010 UAU!

terça-feira, 18 de maio de 2010

Intenção para domingo!

A poucos dias do início da 2.ª Certificação Internacional de Practitioner em PNL, começo a interrogar-me quais os principais objectivos que quero atingir durante este intenso processo.

Um dos mais poderosos efeitos que conseguimos produzir é o da INTENÇÃO! Quando focamos antecipadamente a nossa atenção num número limitado de aspectos da realidade, conseguimos que a informação que é processada conscientemente seja filtrada intencionalmente e não apenas com base nos nossos filtros mais habituais. Claro que isto altera profundamente a nossa experiência. É como se o mundo mudasse... embora seja apenas a nossa percepção a alterar-se.

Ao longo dos últimos três anos da minha vida, este processo da INTENÇÃO tem-se aperfeiçoado... questiono-me sobre até onde pode chegar... e há um momento em que páro de fazer perguntas e apenas INTENCIONO...

O que é que está a INTENCIONAR que aconteça agora? e nos próximos dias? e até final deste ano? Quando é que agora pode ser um excelente momento para pensar nisso? ;-)

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Workshop LIFE


Olá!

No passado sábado estive no workshop LIFE, no ISCAP, com mais de 100 pessoas e... adorei!

Para mais fotos passem pelo blog da LIFE Training (www.lifetrainingnews.blogspot.com) ou página do facebook.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Falar em Público

Olá, amigos!

Ao longo dos dois últimos anos tenho falado em público. Aliás, tenho falado MUITO em público.
Isto aconteceu não propriamente por ter competências especiais para o fazer (muito pelo contrário...) e sim por me ter ligado a uma missão que o tornava quase obrigatório.

De facto, a decisão de INSPIRAR DECISÕES APAIXONADAS, tornou falar em público num caminho muito atraente! Ponto de partida: dificuldade em alcançar auto confiança para me expressar perante os outros, várias experiências passadas a que dei profundos significados negativos... Quando me comparo com a maior parte das pessoas que conheço, parti para este desafio de aprender a falar em público bem atrás da maioria...

Mais de 200 palestras e seminários depois... os desafios continuam a existir e são agora diferentes! Estão mais relacionados com a qualidade da mensagem, a capacidade de criar contextos de aprendizagens para a audiência e menos relacionados comigo e com o meu ego.

Desde o início de 2010, sou abordado com frequência por pessoas que gostariam de conhecer as minhas estratégias e ferramentas para falar em público. Tantas pessoas me falaram sobre este assunto, que estou a pensar seriamente em lançar um mega curso de PUBLIC SPEAKING!

Quero saber a tua opinião sobre isto! Achas o tema interessante? Especificamente, o que gostarias que fosse abordado num curso nesta área? Tenho algumas ideias para transformar esta oportunidade num evento inesquecível e quero perceber melhor as necessidades dos potenciais participantes. Conto com os teus comentários!

Abraço UAU!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Mais uma corrida do Caramez! Brilhante!

Olá a todos!

O meu amigo Alexandre Caramez, um dos participantes no Curso de Practitioner de PNL de Janeiro/2010 (Porto), está a ficar um inspirador nato! Escreveu mais um fantástico relato das suas aventuras nas corridas deste país. Leiam e deixem-se inspirar!

"Olá Seres Magníficos, Solucionadores de Desafios e Criadores de Leque Opções,

hoje venho partilhar convosco mais um acontecimento inspirador!

Sábado, dia 24 de Abril do U.A.U. 2010, no dia seguinte ao super ENERGY, tive uma prova: a Corrida de Solidariedade do Porto que favorecia uma instituição no Porto, que apoia os sem abrigos em bastas áreas, chamada de "CORAÇÃO DA CIDADE".

Era uma pequena prova, não chegava a 4 km e o objectivo principal é MENSAGEM - "a solidariedade/a doação/o saber receber de quem e para quem necessita" - este tipo de provas, para vocês que já me vão conhecendo melhor é um pequeno passeio, que nem dá para aquecer. :)

Para visualizarem melhor a corrida, foi dado o tiro de partida ainda eu estava na conversa com o meu tio (que faz voluntariado no "Coração da Cidade"), e só parti já vários atletas tinham saído.

A minha treinadora (que é a melhor do Mundo e arredores ), que me autorizou a participar na prova, deu-me indicação para eu fazer a prova tipo treino e assim fiz - pois para ser coerente, como vos disse algum tempo atrás, o treinador tem sempre razão, ainda que haja alguns despiques com ele(a)!

Sinceramente, e por outro lado, não tinha concorrentes à altura! Parti nas calmas e muito devagar e mesmo assim fui progredindo em relação aos outros atletas.

Ainda escutei algumas "bocas de gozo" ao atleta que tinha partido que nem um foguete logo que se deu o tiro da partida. Mais tarde vim a saber que foi um ex-sem abrigo, que estava a correr com umas sapatilhas que o próprio coração da cidade lhe tinha fornecido, pois ele adorava poder correr.

À medida que a prova decorria fui alcançando um a um o corredores da frente que já começava a verificar algum cansaço de quem não pratica assiduamente "corrida". Encostava-me a eles e dava-lhes alguns conselhos a nível de respiração, técnica de corrida e bastante ânimo, e seguia o meu caminho.

Nem a meio da prova, já me encontrava a uns 3m do 2º classificado.

Ainda criei algum "rapport" (empatia) com ele mas não conseguiu que eu lhe fizesse o "leading" pois não estava preparado para a corrida no meu passo (ainda que de treino).

Segui o meu ritmo e quando cheguei à Rua Mouzinho de Albuquerque (rua que sobe da Ribeira do Porto, junto ao mercado Ferreira Borges, ao pé da Bolsa, até à estação de S.Bento, que por si só tem uma inclinação deveras interessante) o individuo que seguia em primeiro estava à vista e a cerca de 100 m.

Passada após passada, a distância encortava bastante, notei que o atleta estava a quebrar.

Momento da decisão que deixou feliz e me preencheu o meu dia: a polícia quase obrigou o primeiro classificado a parar pois não sabia o traçado da prova (valha-nos Deus, dizia eu para mim)! Abrandei, senti em mim uma força de compaixão; o rapaz veio a puxar a prova toda, obrigaram-no a parar, gozaram com ele no inicio da prova, ao que eu disse para mim, aquele Homem merece ganhar esta prova!

Eu escolhi ficar em segundo lugar! Entrei em plena Avenida dos Aliados a menos de 10 m dele, e para quem me conhece a minha ponta final é fatal para quem estiver no alcance de 200 a 300 m.

Se eu achei que a prova (da meia maratona de Lisboa) que escolhi participar com a Isabel Dias foi das melhores, esta foi das mais recompensadoras!

Estava eu "praticamente" colado ao primeiro lugar e abrandei, dando-lhe espaço para poder abraçar com a "glória" merecida o seu 1º lugar!

Acabei, logo de seguida e com um sentimento de satisfação indescritível!

Podia pensar: "eh! pah! podia ter feito a minha primeira prova em 1º lugar e não quis!", mas não! Se a Vida é livro de escolhas fantásticas que efectuamos, eu posso dizer-vos: "Eu, sábado, escolhi acabar em 2º lugar e estou muito feliz!"

Ganhei um prémio (que não tinha intencionado), fui a um pódio (que não tinha intencionado) e falei para um público, em plena Avenida dos Aliados, apelando à solidariedade das pessoas de umas relação às outras (isto sim, é intenção que tenho muito presente!). É brutal falar para um público quando temos uma "mensagem"...

Eu sou o Alexandre, fiquei em segundo lugar com muito orgulho.

Agradeço a todos aqueles que acreditam em mim, aos meus fantásticos pais (Lígia e António), à melhor amiga e treinadora do mundo a Raquel, a toda a equipa Lifetraining que muito me apoia e está presente (de uma maneira ou outra) nas minhas provas cada vez mais, um especial bem haja ao meu tio Amadeu e prima Sílvia que me enviaram o convite para a corrida e um abraço enorme ao meu novo amigo Licínio Machado (o homem que acabou em 1º lugar a Corrida da Solidariedade do Porto), e por fim a todos os meus amigos e apoiantes que são tantos que não posso enúmera-los a todos, mas comigo os levo no coração.

Venha a próxima prova, que será a sério e a qual estou a intencionar fazer um grande tempo!

Obrigado a todos por lerem a minha partilha, lembrem-se "NADA É IMPOSSÍVEL!"

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Quando o inconsciente assume o controlo!

Todos sabemos que o nosso inconsciente (que simplesmente gosto de definir como toda a parte do nosso sistema a que não prestamos atenção num dado momento) assume de forma abnegada a responsabilidade pela maior parte das coisas que fazemos.

Ainda assim, o nosso consciente é fortemente responsável por uma boa dose dos nossos comportamentos, aquilo a que poderemos chamar de comportamentos conscientes ou escolhas!

Ora é bastante interessante que o consciente, sendo menos poderoso em termos de capacidade de processamento de informação do que todo o restante sistema, possa de forma totalmente intencional abdicar de todo o controlo e entregá-lo 100% ao inconsciente. Acontece quando adormecemos, p.ex..

Acontece também quando entramos em transe hipnótico.

E acontece ainda quando aprendemos a aceder a esses estados antes de momentos de alta performance. Actores. desportistas, palestrantes, artistas aprendem a entrar nesses estados alterados para poderem alcançar resultados mais eficazes.

Pessoalmente, adoro explorar esses estados e descobrir novos recursos inconscientes!

Na passada sexta-feira, na Faculdade de Economia do Porto, tive a oportunidade de partilhar com cerca de 350 pessoas o Segredo de Falar em Público! Para mim, o grande segredo, a grande descoberta que tenho visto muitas e muitas pessoas fazer e que lhes permite ultrapassar o medo de falar em público é.... a descoberta do seu propósito!

Quando nos ligamos a uma mensagem que acreditamos ser tão importante que gostaríamos que todos a conhecessem, invertemos automaticamente a ordenação Eu-Outros-Mensagem para Mensagem-Outros-Eu. Dessa forma deixamos de sentir medo pois a mensagem passa a ser mais importante do que as nossas percepções egoístas.

Algumas pessoas me abordaram depois da palestra (pessoalmente ou por email e facebook) para me dizerem que achavam que ainda existiriam outros segredos, outras formas de aceder a um estado de alta performance que lhes permitisse subir para cima de um palco e criar forte impacto na audiência...

Sim, de facto há mais um segredo... trata-se de aprender a entregar o controlo ao inconsciente, depois de o instruir correctamente!

Este é uma das grandes linhas orientadoras das Certificações de PNL que facilito (próximas em Maio - Porto e Julho - Lisboa), sempre.... a partir do inconsciente? Curioso? Participe nos próximos workshops gratuitos sobre PNL nos dias 26/Abril (Hotel Tryp - Leça, junto à Exponor) e 7/Maio (Lisboa).

Boa semana!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

De Norte a Sul, assim se inspira o país!

Quando em 2008, a pequena equipa da LIFE Training (só 2 pessoas! eu e o Mário Caetano) decidiu que ia inspirar o país, talvez estivesse a ser criado o mês de Abril de 2010... É que este mês inclui, no mapa de actividades...

Porto
Lisboa
Braga
Coimbra
Bragança
Albufeira
Viseu
Gaia
Alcobaça
Famalicão
Matosinhos

Hummm... dá mesmo que pensar... será que quando nos ligamos ao propósito e intencionamos de forma intensa, criamos o nosso futuro? Vou dormir a pensar (mais uma vez) nesta possibilidade... Proponho que faça o mesmo e partilhe as conclusões com as pessoas que lhe estão mais próximas!

terça-feira, 13 de abril de 2010

Um momento especial

Sempre que identificamos na "realidade" um objectivo alcançado, que havia sido traçado no "passado" utilizando ferramentas de visualização, somos inundados por uma sensação agradável e enigmática. É como se experienciamos um dejà vu e soubessemos simultaneamente que estamos a viver a experiência pela primeira vez...

Hoje passei por um destes momentos quando me sentei a olhar para a minha agenda das próximas semanas...

Obrigado por me deixarem partilhar convosco este momento UAU!

E no teu caso, qual foi o último momento destes que experimentaste? E tão importante... qual vai ser o próximo?

sábado, 3 de abril de 2010

Dicas SPIDER para a área mental

Pois é, agora ue um quarto de 2010 já lá vai, é uma boa altura para rever as dicas para área mental que partilhamos no evento SPIDER do dia 8 de Janeiro!

Em Janeiro, partilhei aqui no blog as estratégias para a área física e emocional e agora... é tempo da mente!

Sendo assim, relembro agora (para as quase 100 pessoas que estiverem presentes nesse dia) ou apresento (para quem as lê agora pela primeira vez) 3 estratégias simples para incrementar os seus resultados nesta área...

1) Leia 15 minutos por dia! Livros, artigos, blogs que realmente contribuam para o seu desenvolvimento pessoal. Já sei que não parece muito ambicioso e... para a maior parte das pessoas será uma estratégia realmente ganhadora, pois não o fazem habitualmente! Se num determinado dia não ler... leia a dobrar no dia seguinte!

2) Escolha bem o seu grupo de influência! Com que pessoas mais fala? Quais as pessoas que mais influência exercem sobre si? Diminua a intensidade das relações que não lhe trazem valor acrescentado e aposte em novas e positivas relações com pessoas que têm o poder de trazer mais inspiração e desafio á sua vida!

3) Divida o seu tempo em períodos de 10 minutos! Quando marcar reuniões, agendar encontros, preparar tarefas, etc, pense em múltiplos de 10 minutos em vez das tradicionais horas e meias horas. Verá que é uma forma muito fácil de descobrir mais tempo!

Para breve dicas de sucesso para as áreas financeira e espiritual! E lembre-se que 2010 é Um Ano Único! UAU!

sexta-feira, 2 de abril de 2010

25% do ano "já está"!

O ano de 2010 começou há 3 meses! Ou seja, um quarto do ano mais fantástico das nossas vida já lá vai!
Que óptima altura para fazer um mini retiro e avaliar onde estamos ao fim de três meses...

Para ajudar, aqui vão as 3 perguntas poderosas perfeitas para esta altura!

1. Onde estou? (Que resultados estou a alcançar?)

2. Para onde quero ir? (Quais são os resultados que quero alcançar?)

3. Qual o próximo passo? (O que vou fazer agora?)

Bom retiro!

quinta-feira, 1 de abril de 2010

O Segredo SIMPLES das relações!

Quando fazemos parte de um grupo, de uma relação, de uma equipa, interagimos com outras pessoas. Essa interacção é dinâmica e resulta dos inputs de todas as partes envolvidas. Isto é bastante complexo e ao mesmo tempo muito SIMPLES! Repare:

1. Na relação com outro, eu tenho capacidade de escolha directa em relação ao meu comportamento

2. Tenho capacidade indirecta de influência sobre o comportamento do outro (não consigo escolher pelo outro, apenas influenciá-lo)

3. Tenho capacidade de avaliar o meu comportamento, o do outro e a interacção entre ambos

4. Agora, as hipóteses!
a) gosto da interacção! Óptimo, é só continuar a fazer o que estou a fazer
b) não gosto da interacção! Isso pode acontecer por não achar interessante/adequado o meu comportamento ou o do outro... Se for o meu, é simples, basta alterá-lo! Se for o do outro, é simples, basta alterar o meu por forma a influenciar o do outro!

E pronto, assim se resolvem todos os desafios que podemos ter nos relacionamentos! Na realidade, o facto de as receitas serem simples não quer dizer que sejam fáceis de implementar (há um diferença grande entre estes conceitos - simplicidade vs facilidade).

Na Programação Neuro Linguística estudam-se e aprofundam-se técnicas e estratégias para dominar este processo (p.ex. promovendo o acesso a diferentes circuitos neuronais através do processo de Posições Perceptuais). Essa é a razão principal pela qual muitas pessoas que fazem uma Certificação de Practitioner em PNL relatam melhorias nos seus relacionamentos pessoais e profissionais. No fundo, aprendem a tornar o SIMPLES em FÁCIL, no que diz respeito a esta decisiva área da nossa integração em grupos e relações.

Se quer saber mais sobre PNL, preste atenção aos próximos eventos gratuitos de divulgação da LIFE Training. Se sentir que este é o MOMENTO para levar a sua VIDA para o próximo NÍVEL, então seja audaz e inscreva-se nas nossas Certificações no Porto (Maio) ou Lisboa (Julho).

Espero por si!

quinta-feira, 25 de março de 2010

O Site do ano!

Ok, não sou uma pessoa muito isenta para lhe chamar o site do ano, mesmo assim... é muito fixe!

www.pedrovieira.net

Comentários agradecem-se para haver melhorias rápidas e consistentes!

sábado, 13 de março de 2010

2010: Um Ano Único?

Olá, amigos neuroestrategas! (e candidatos a...)

No início do ano de 2010, a equipa da LIFE Training decidiu que este ia ser um ano UAU (Um Ano Único)! E temos partilhado este desejo/objectivo/determinação com muitas pessoas de Norte a Sul do país (e até já fomos à Madeira levar a mensagem UAU)! Cerca de 3000 pessoas passaram já pelos nossos workshops, cursos e palestras!

Já passaram 72 dias deste belo ano e já se podem começar a fazer pequenos balanços. O que aconteceu nas nossas vidas? Como está a nossa saúde, a nossa energia, o nosso dinheiro comparados com aquilo que desejavamos? E as nossas emoções, as nossas aprendizagens de 2010, como estão a ser comparadas com um cenário ideal?

Está a comparar exactamente com quê? Se definiu objectivos no início do ano, estará naturalmente a comparar a sua situação actual com os objectivos definidos. Se não definiu objectivos estará a comparar com... bem, é difícil saber!

Em qualquer dos casos, tenho boas notícias... os objectivos definem-se a qualquer hora, a qualquer dia. Avance agora e defina ou redefina os seus objectivos. Foque-se em criar um ano UAU!

72 dias passaram, temos mais 293 pela frente. Vamos criá-los, fazê-los, torná-los ESPECIAIS, UAU!

(já dá para ver que hoje estou em dia UAU, é a minha estratégia quando reparo que algumas coisas na minha vida estão a correr diferente do que quero... em vez de me focar nisso, foco-me no que quero e como posso torná-lo realidade... simples e eficaz... UAU... mesmo!)

sexta-feira, 12 de março de 2010

As condicionantes da Performance

A Performance (ou faculdade de entregar resultados) é alvo de análise, discussão, emoção... em todos os contextos em que é importante.

Podemos falar em Performance no Desporto, nos Negócios ou na Família. Neste momento, qual o grau de satisfação com a sua Performance nos seus vários papéis sociais?

Nas últimas semanas tenho tido oportunidade de falar sobre este assunto com audiências de todo o tipo de escalões etários, funções profissionais, proveniência geográfica... Contactar pessoalmente com milhares de pessoas tem muitas vantagens, uma delas é conseguir detectar padrões de comportamento que posso utiliza mais tarde para servir melhor os grupos com quem lido.

Um dos padrões que está cada vez mais óbvio para mim é o das determinantes da Performance. Diferentes contextos, mesmas determinantes parecem indicar um forte padrão!

Aqui vão elas (as determinantes):

1. Os Recursos: Para desempenhar a tarefa a que me proponho, disponho neste momento de determinados recursos (físicos, emocionais, mentais, financeiros e espirituais). Estes recursos são desenvolvidos ao longo do tempo e mutáveis, sendo um dado adquirido no momento em que me lanço à tarefa

2. O Contexto: para além dos Recursos, estão também presentes determinadas condições externas que posso influenciar apenas indirectamente e que afectam a Performance (positiva ou negativamente). Apesar de eu não conseguir decidir tudo em relação ao Contexto, posso exercer uma série de escolhas que afectam dinamicamente estas mesmas condições. É muitas visto como um factor totalmente fora do meu controlo e que pode mesmo impedir/anular a minha Performance.

3. A Disponibilidade: a minha capacidade de disponibilizar oss mus Recursos, dentro do Contexto, para atingir os meus Objectivos. Muitas veezes chamada também de Atitude ou Motivação.

Em relação aos Objectivos que tem neste momento, pense nas determinantes da Performance (Recursos, Contexto e Disponibilidade) e talvez descubra um bom sitío onde concentrar asua atenção para que a Performance se aproxime ainda mais dos Objectivos!

Pela minha parte, tenho estimulado muitas pessoas a fazerem esta análise e implementarem acções com base nessas observações. Os Resultados são frequentemente fantásticos!

segunda-feira, 1 de março de 2010

Workshop LIFE GRATUITO em Lisboa a 13 de Março

O próximo workshop LIFE é já no próximo dia 13 de Março em Lisboa. Só temos 200 vagas e estão quase todas preenchidas (o workshop é gratuito, dura o dia todo - 9:00/18:00 e vamos pedir à entrada uma contribuição financeira de 10€ para a Operação Nariz Vermelho!

Se quiseres participar, pf envia um email com dados pessoais para ana.vieira@lifetraining.com.pt, lá estaremos para partilhar as ferramentas de desenvolvimento pessoal da LIFE Training!

Boa semana, bom mês, bom ano! Um Ano Único! UAU!

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Crónica da Maratona de Sevilha - Alexandre Caramez

O Alexandre Caramez é um dos assíduos participantes dos eventos da LIFE Training (e membro da primeira Certificação de Practitioner em PNL que facilitei). Leiam esta crónica dele, vão certamente sentir-se inspirados! Eu fiquei!


Crónica da Maratona de Sevilha

Dia 14 de Fevereiro de 2010, em Sevilha – Espanha (para quem não sabe), estabeleci um novo recorde pessoal da maratona: 3 horas, 34 minutos e 29 segundos (tempo real), roubando 13 minutos absolutos ao meu antigo recorde.

A cidade de Sevilha é conhecida por ter uma média de temperatura ligeiramente superior ao normal à do Porto mas iniciei a maratona com 4ºC e acabei com 7ºC - acho que para o comum dos mortais diria que estava muito frio. A minha insensibilidade climatérica ajudou bastante pois não senti frio, mas o “wind-chill” (termo técnico: da real sensação da temperatura relacionada com a velocidade do vento – quanto maior a velocidade do vento mais acentuada a sensação de frio) criou sensações de completo congelamento muscular.

A maratona de Sevilha, também, é conhecida por ser uma das maratonas mais planas do mundo, mas não que deixa de ter 42,195 quilómetros! A cidade, no dia anterior, parecia um pouco fantasmagórica, mas no dia da competição parecia os jogos olímpicos. É incrível o apoio das pessoas ao longo de todo o percurso, milhares e milhares de pessoas, sempre apoiar os atletas, principalmente os amadores.

A partida e a chegada foi no Estado Olímpico – que só por si é algo de extraordinário e grandioso – éramos cerca de 5000 e qualquer coisa atletas de quase todas a nacionalidades. Algo de outro mundo...

Antes da prova estive em contacto com o meu inconsciente, saí do autocarro que nos transportou até ao estádio, cumprimentei com um joelho no chão e com uma mão como que afagar a terra onde iria correr – adoro fazer isto para me dar a sensação de equilíbrio com o local, com o mundo. Entrei em estado “zen” a partir daquele momento. A banda sonora do filme Avatar a percorrer os todos os meus sentidos comecei a sentir uma energia altamente positiva – estava a entrar no meu “avatar”.

Após o aquecimento, dirigi-me para a zona da partida – graças a uma técnica de PNL a que fui submetido durante a certificação, pela primeira vez não estava ansioso, nem preocupado, nem com um nó no estômago antes do tiro de partida. Foi absolutamente fantástico poder saborear tudo o que me rodeava e o ambiente de emoções que se vivia no momento, no agora. Foi a melhor partida numa prova que vivi até ao momento.

Comecei a prova com muita cabeça e pés acentes no chão, embora me apetece voar... mas nas maratonas não se voa, faz-se passo a passo. Dean Karnazes refere no seu livro “Ultramarathonman” que se necessário usando passinhos de bebé até atingires o teu objectivo.

Juntei-me ao meu fantástico grupo de amigos e atletas de equipa do Portorunners, apostando fazer os primeiros 21km nas casa da 1h35/40 para depois, conforme o conforto que me sentia, ir à minha vida.

O Luís e o Vítor, grandes atletas e experientes em maratonas (o Luís já com 47 maratonas nas pernas e o Vítor que escreveu o livro “Correr por prazer”) aconselharam-me e motivaram-me dizendo-me que estava a fazer uma excelente prova e com muito cabeça.

Acompanhei-os até aos 30 kms, à volta dos 4:45 minutos ao quilómetro.

Mas... (bolas, existe sempre um mas!)

Aqui aconteceu algo que não estava previsto, mas tudo tem uma razão de ser (isso mesmo...). Fiz os 11 kms seguintes, com uma caimbra nos gémeos da perna esquerda tendo de abrandar para os 5 minutos ao quilómetro.

Desmoralizei um pouco inicialmente. Fiquei um pouco triste ver os meus amigos afastar e não poder acompanhá-los. Parei 2 vezes nos postos de emergência médica para me aplicarem o “spray milagroso” mas o efeito paliativo apenas durava 500 metros, paciência: cadeia de excelência e “bota” para a frente, passada a passada.

Aproveitei, mais uma vez, para motivar quem vinha “pior” do que eu e estabeleci muito “rapport” com muitos outros atletas de diversas nacionalidades. Desta vez não fiz nenhum piquenique ambulante, apenas usei as minhas pastilhas de Isostar e água para hidratar.

Chegou o quilómetro 41, a hora do “ou vai ou racha”. A minha mente já só pensava: IMPOSSIBLE IS NOTHING – e finalmente voei para a meta.

A vibração e o acumular do público, a entrada gloriosa no estádio olímpico é uma sensação impossível de descrever. Lembro-me de que a última vez que me doeu um pouco a perna foi na descida do túnel para o estádio e que chorei de alegria. Assim que o meu pé pousou no tartan, abri os braços como que estivesse a voar e foi o delírio do público, fiz 350 metros em aproximadamente 50 segundos, após 42 quilómetros – voei 350 metros, não foram os 195! Na minha cabeça parecia ouvir a música do Vangelis – “Chariots of Fire”. Estava feita a minha primeira grande maratona internacional com um novo recorde.

A explicação. A minha quebra deveu-se a uma falta grave de disciplina a nível de treino. Há sempre uma regra de ouro e que quem não a cumprir custa muito nas provas: “o treinador tem sempre razão” - a minha treinadora estava orgulhosa de mim, mas tivemos um “debriefing” pós-prova na qual o “feedforwarding” foi muito construtivo. Deixo um conselho: não é a prova que custa, é o treino!

Sejam fortes, pois eu sei que vocês são capazes. IMPOSSIBLE IS NOTHING, principalmente para que corre com o PODER DA MENTE.

Obrigado ao meu pai e à minha mãe pelos sacrifícios e dores que passam comigo. Obrigado aos meus amigos que sempre estiveram comigo, perto e ao longe.
Obrigado aos meus ENORMES amigos da Certificação em Practitioner em PNL que sempre acreditaram em mim. Um enorme agradecimento a quem torna tudo isto possível, a melhor treinadora, amiga e irmã Raquel.
E um menção honrosa a uma grande Pessoa e Mulher que me ajudou no momento mais difícil da maratona de Sevilha (no dia anterior): a Núria Mendonza.

Treinem, seja para a caminhada, para a corrida da família ou mesmo para a mais bela maratona do Mundo, a do Porto; pois ficarei muito feliz que todos vocês me acompanhem cada um ao vosso ritmo na Maratona do Porto e no fim façamos uma grande festa.

Olá, sou o Alexandre Caramez, sou maratonista português internacional desde de domingo e estou muito feliz e orgulhoso disso.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Video da abertura do workshop de Introdução à PNL

Vejam e comentem!

Video de Abertura do Workshop de Introdução à PNL (Porto, 2010/Fev/18)

Espero que gostem

PV

Uma mãe mais pequenina

O meu filhote mais pequeno, de madrugada, chorava pela mãe (ausente no estrageiro em trabalho)... a irmã disse-lhe:

"Maninho, ter uma irmã mais velha é como ter uma mãe mais pequenina e eu estou aqui, meu lindo menino"

Como estava escuro, nenhum deles se apercebeu que o pai tinha os olhos humedecidos pela doçura de uma menina de 5 anos...

sábado, 13 de fevereiro de 2010

LIFE Enenrgy Lisboa com 220 participantes!

Ontem à noite enchemos o ISCTE de energia! A quarta edição do LIFE Energy contou com mais 220 pessoas e... adorei!

Tive a oportunidade de encerrar o evento com uma palestra sobre "os 3 passos do sucesso". Como sempre foi um privilégio partilhar algumas das bases da PNL com tantas pessoas interessadas em alcançar mais e melhor nas suas vidas.

E foi também espectacular perceber o elevado interesse no evento do próximo dia 17/Fev, "Workshop Gratuito de Introdução ao Coaching" que facilitarei na ANJE Lisboa a partir das 21h.
A lotação está (quase) esgotada, se quiser participar contacte-nos com urgência (ana.vieira@lifetraining.com.pt).

Os próximos LIFE Energy, que contarão já com mais de 500 pessoas cada, vão acontecer em Abril (Porto) e Julho (Lisboa). Novos palestrantes, novas ferramentas... muita energia!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

A PNL e a Inteligência Emocional

Daniel Goleman popularizou o termo Inteligência Emocional. Nos últimos anos, um número crescente de indivíduos e organizações tem-se interessado pelo tema, dando-lhe um papel de relevo.

Como Trainer de Programação Neuro Linguística (PNL), sou abordado por várias entidades e pessoas que querem aprender a “controlar o seu estado emocional”, acreditando que ao fazê-lo poderão incrementar os seus resultados. Face à pertinência actual desta questão, vou introduzir uma discussão saudável...

Quando investigo o que quer dizer exactamente “controlar” nesta situação, descubro que esta palavra é regularmente utilizada para exprimir a capacidade da “mente” controlar as “emoções”.

Ora, tendo em conta que as nossas emoções são o produto das nossas representações internas (aquilo em que pensamos) e da nossa fisiologia (a forma como a dada altura estamos a utilizar o corpo), então o termo “controlo” talvez não seja o mais adequado.

Pense no que representa para si uma pessoa altamente “controlada”? Normalmente usamos esta expressão para alguém que manifesta pouco as suas emoções ou que reage sempre com aparente indiferença emocional aos eventos e desafios que se lhe apresentam.

Alguém que reage consistentemente desta forma está a praticar aquilo a que se chama... a estratégia da inflexibilidade: independentemente do estímulo recebido, apresentamos a mesma resposta emocional. O recurso a esta estratégia é normalmente motivado por um desejo de não falhar, não se expor, não mostrar fragilidade ou de puro controlo da realidade.

A proposta da PNL é bem diferente: em vez de se falar em “controlo” do estado emocional, fala-se em “escolha” do mesmo. Quando somos expostos a um determinado estímulo externo (um comentário, uma pergunta, uma notícia, um ataque, uma surpresa) escolhemos a resposta que melhor serve os nossos interesses e os dos outros – uma escolha ecológica.

Sendo que a maior parte das nossas respostas emocionais é inconsciente e acontece ainda antes de conscientemente podermos analisar o tal evento externo, como instalar então as opções, os caminhos, as alternativas?

A PNL é, na minha opinião, uma extraordinária tecnologia pois permite que ajudemos o nosso inconsciente a fazer novas e melhores escolhas, mesmo antes de podermos seleccionar conscientemente a nossa escolha habitual. E este é sem dúvida o verdadeiro segredo da FLEXIBILIDADE... ou Inteligência Emocional, como lhe preferir chamar!

O que poderia acontecer na sua vida agora se cultivasse a flexibilidade necessária para produzir novas respostas, assumir novas escolhas, instalar novos hábitos? Esta é talvez a grande descoberta individual que é feita numa Certificação de Practitioner em PNL! Logo seguida da extraordinária sensação de perceber que facilmente se pode pôr estes novos conhecimentos ao serviço dos outros, de uma forma emocionalmente inteligente, claro!

LIFE Energy Lisboa, próxima sexta-feira, 12/Fev!


domingo, 7 de fevereiro de 2010

LIFE Energy Porto com 300 participantes!

Um evento UAU para um ano UAU!

Mais de 300 pessoas estiveram na sexta-feira na 3.ª edição do LIFE Energy no auditório da Universidade Portucalense, no Porto.

4 palestrantes, 1500 euros angariados para a Operação Nariz Vermelho e muita energia!

Obrigado a todos os que ajudaram a concretizar este sonho... que continua já na próxima sexta-feira em Lisboa, com o 4.º LIFE Energy.

Contamos contigo no auditório da Universidade Nova para mais um evento UAU! Com a presença de Mário Caetano, Ricardo Peixe, Sandro Borges e Pedro Vieira. Para receber o programa completo pf enviar e-mail para ana.vieira@lifetraining.com.pt

Nos próximos dias, passa por aqui para fotos e videos!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Próximo LIFE Energy... sempre a abrir!

Estamos a apenas duas semanas da próxima edição do LIFE Energy! Vai acontecer no próximo dia 5 de Fevereiro, no auditório da Universidade Portucalense - Porto(mega gratidão pela sua disponibilidade para acolher este evento!), às 21h.

Estou muito entusiasmado pois já temos mais de 250 participantes confirmados! O evento é gratuito e à entrada vamos pedir a todos uma contribuição de 5 euros para a Operação Nariz Vermelho, uma entidade que faz um trabalho espectacular!

Preparem-se porque vão ser 4 palestrantes em palco com um único objectivo: aumentar a motivação e energia dos participantes para que expandam os seus resultados pessoais! Vai ser mesmo fantástico!

E dias 12 repetimos a dose... em Lisboa!

Inscrevam-se já porque os lugares são mesmo limitados! Se ainda não fazem parte do grupo que vai ter uma sexta-feira à noite energizadora, enviem um e-mail agora com contactos das pessoas que querem levar para ana.vieira@lifetraining.com.pt

Para que 2010 (continue a ser) um ano UAU!

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Certificação PNL... impecável!

8 dias de intensa e profunda aprendizagem...
25 participantes altamente focados e comprometidos...
1 convidado especial com efeito hipnótico...
4 workshops nocturnos de alto impacto...
2 experiências/desafios surpreendentes...

A vida podia ser a mesma sem a 1.ª Certificação Internacional de Practitioner em PNL da LIFE Training? NÃO!

Em 2005, quando me comecei a interessar pela primeira vez pela Programação Neuro Linguística imaginei como seria se um número alargado de pessoas em Portugal tivesse acesso a formação de qualidade sobre esta arte... Agora, sou parte integrante deste movimento que está a pôr a PNL no mapa, através da LIFE Training!

Aquilo em que acreditamos é na transferência de competências para indivíduos comprometidos em criar impacto nas suas famílias, empresas, comunidades. Tenho a certeza que esta primeira certificação, ocorrida no Porto nos dias 17 a 24 de Janeiro foi isso mesmo!

Estudei com o maior mestre da PNL, John Grinder, e é com base na sua visão pura e altamente possibilitadora, mais focada na modelagem do que nas aplicações, que lançamos em Portugal o primeiro curso sancionado pela ITA (International Trainers Academy). Se gostaria de saber mais sobre este assunto, pf entre em contacto comigo (pedro.vieira@lifetraining.com.pt) ou directamente com a LIFE Training (info@lifetraining.com.pt).

A próxima certificação ocorre em Setembro, na zona de Lisboa. Vai ser incrível e conto consigo, claro! (apenas e só se estiver a sentir um alto grau de compromisso com os seus resultados, enquanto pessoa, e estiver na disposição de se tornar um ponto de alavancagem dos seus grupos profissionais e familiares!)

Obrigado!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Dicas Emocionais para um 2010 UAU!

Conforme prometido, aqui vão mais algumas dicas para um 2010 UAU (Um Ano Único). Estas estratégias foram partilhada no passado dia 8/Janeiro, no workshop "SPIDER - Como definir objectivos irresistíveis". (próximas oportunidades para estarmos juntos, workshops gratuitos LIFE Energy no Porto a 5/Fev e em Lisboa a 12/Fev).

Para que as suas emoções sejam saudáveis neste ano que agora começa, implemente estas três estratégias de sucesso e... vá-nos contando como correm!

1. Faça perguntas que conduzem a respostas positivas e possibilitadoras, que o fazem sentir bem! Muitas vezes fazemos a nós próprios perguntas que são destrutivas ("Por que me corre sempre tudo mal?", "Por que é as outras pessoas não gostam de mim?, "Por que não consigo perder peso?"). Em 2010, experimente focar-se em questões que incluem pressupostos positivos! ("Como é que isto vai correr bem?")

2. Faça de conta que as outras pessoas estão bem intencionadas! Antes de avaliar ou julgar o comportamento das outras pessoas, imagine que elas estão 100% bem intencionadas. Ao conceber esta possibilidade, a sua energia será mais bondosa e compreensiva e as suas emoções mais positivas. E irá surpreender-se ao verificar que a maior parte das vezes... as pessoas estão mesmo bem intencionadas!

3. Fale das outras pessoas como se elas estivessem presentes! Desta forma terá sempre a certeza de contribuir positivamente para todas as relações em que está envolvido, não desperdiçará tempo a desabafar sobre coisas que não podem ser alteradas ao conversar com terceiros, e conquistará a confiança de todos quantos contactam consigo!

Emoções saudáveis em 2010 é o que desejo para si!

domingo, 10 de janeiro de 2010

Dicas SPIDER!

Uau! Na sexta-feira foram quase 200 os participantes nos workshops SPIDER de Lisboa e Porto!

Tive a oportunidade de facilitar o evento do Porto e gostei mesmo muito da experiência, até por ter encontrado na audiência tantas caras conhecidas. Obrigado a todos os que participaram e se comprometeram com objectivos SPIDER para 2010!

Durante o workshop partilhamos algumas dicas da equipa LIFE Training para as várias áreas da vida. São dicas recolhidas através do nosso trabalho como trainers e coaches. Com mais de 13.000 pessoas a participar nos nossos eventos em 2009, conseguimos identificar alguns padrões de sucesso, claro!

Gostaria de partilhar com todos os que não puderam participar no workshop essas dicas, começando pelas dedicadas à área física:

1. Em 2010, adopte a moderação na definição de objectivos relacionados com a nutrição ou o exercício físico. Crie as condições para poder experimentar facilmente sucesso e vá crescendo a partir daí. P.ex. para quem não pratica exercício físico, definir como objectivo treinar 5x/semana, é criar as condições perfeitas para... falhar! Que tal começar com 2x/semana, cumprir e celebrar o seu sucesso e aumentar gradualmente o número de treinos semanais?

2. Antes de comer ou beber, pergunte a si próprio: "Este alimento/bebida aumenta ou diminui a minha energia?" A resposta surgirá! É mais fácil e fiável do que ler sobre nutrição ou dieta, até porque para cada estudo que lhe recomenda um alimento, poderá encontrar outro que o acha contra indicado...

3. Escolha crenças possibilitadoras para a sua idade cronológica. Afirmações do género "isso já não é para a minha idade", "a minha energia já não é o que era", "os anos pesam", etc, são poderosas programações mentais. Por que não trocá-las por outras crenças como "com cada dia que passa controlo melhor a minha energia" ou "cada vez sou mais flexível"!

Em Fevereiro estaremos de volta aos grandes eventos LIFE Training com dois LIFE Energy gratuitos! Dia 5 de Fevereiro no Porto (mais de 200 pessoas já inscritas! Seja rápido pois vai esgotar) e dia 12 de Fevereiro em Lisboa! 4 palestrantes em palco em cada evento e MEGA ENERGIA! Inscrições através de ana.vieira@lifetraining.com.pt

Com votos de que 2010 seja mesmo Um Ano Único (UAU!)

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Mais de 150 pessoas picadas!

Bem-vindos a 2010, Um Ano Único (UAU!)

Na próxima sexta-feira, mais de 150 pessoas vão participar nos workshops SPIDER que vamos facilitar simultaneamente em Lisboa e Porto (às 21h). Será uma bela forma de entrar alinhado e focado no ano que agora começa!

É muito positivo e motivador verificar que tantas pessoas fazem questão de assumir responsabilidade pelos seus resultados, deixando-se de desculpas e agindo para colocarem as suas vidas (e o país!) num lugar melhor.

A nossa certificação de Practitioner em PNL ESGOTOU! Começa já no próximo dia 17 e vai ser absolutamente fantástica! Próxima oportunidade: Setembro (em Lisboa) e já com muitos lugares reservados...

E para quem se está interessado em Coaching, Abril vai receber a nossa primeira Certificação em Coaching. Uma grande oportunidade de aprendizagem num ano... UAU!

Uff, e estamos só a começar! Contamos consigo para nos ajudar a inspirar muitas decisões apaixonadas ;-)

PS Se ainda não se inscreveu no workshop "SPIDER - Como definir objectivos irresistíveis", envie-nos um email para ana.vieira@lifetraining.com.pt e aproveite os últimos lugares!