Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A Laranja que Queria ser Laranjeira



(No passado domingo corri em Sevilha a minha quarta Maratona. Ao longo do percurso, para além das centenas de laranjeiras nas avenidas, em todas as estações de abastecimento havia boas e doces laranjas. No final da prova, o primeiro sólido oferecido aos corredores foram... laranjas! Assim, é natural que durante a noite tenha sonhado em tons alaranjados... aqui vai uma metáfora que pode ser muito útil em contexto terapêutico)

A Laranja estava maravilhada com a Laranjeira, com a sua capacidade de dar vidas às Laranjas, a sua imponência, a sua estabilidade... Logo ali decidiu que também queria ser uma Laranjeira. Falou com todos os seus amigos e falou-lhes do seu desejo secreto. Muitos, incluindo a Banana e o Melão lhe disseram que ela nunca poderia ser uma Laranjeira, o que a deixou cabisbaixa...

Pensou sobre o assunto e, em lugar de se resignar, entregou-se com força redobrada ao seu objectivo. Durante toda a sua vida, fez tudo para observar a Laranjeira, comportar-se como ela, aprender com as respostas que esta lhe entregava às abundantes questões que a Laranja disparava diariamente... No entanto, os dias passaram, e a Laranja continuou a ser uma... Laranja!

Não conseguia entender porque não poderia ser uma Laranjeira! Pôs de lado qualquer oportunidade de participar em Sumos, Bolos, Saladas de Fruta e outros dos habituais projectos oferecidos a Laranjas. Só lhe interessava ser uma Laranjeira!

Até que chegou o dia em que morreu... E as suas sementes foram absorvidas pela Terra e regadas pela Chuva...

2 comentários:

Paulo Lontro disse...

Boa !!
:)

Sara disse...

Às vezes quanto menos pensamos e menos obcecados somos sobre o que queremos, mais facilmente as coisas acontecem.