Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

quarta-feira, 2 de março de 2011

Necessidades... Camufladas!

Diz o senhor Anthony Robbins, do alto dos seus dois metros de altura, que todos os seres humanos tê m quatro necessidades básicas que satisfazem a toda a hora: Certeza, Diversidade, Significância e Conexão.

Estas necessidades são normalmente apresentadas em dois pares de paradoxos...

Certeza vs Diversidade
Significância vs Conexão

Tenho tido interesse, ao longo dos últimos anos, em estudar esta a outras Teorias sobre Necessidades Humanas. Em várias delas aparecem paradoxos. E é aí que entra este post...

Imaginemos por uns instantes, que as Necessidades Robbianas (fui eu inventei esta, lol) são aquelas cuja procura de satisfação realmente norteia o comportamento humano. Será que, sendo estas necessidades apresentadas como de igual valor intrínseco, existem preconceitos sociais que fazem com que fique "mais fácil" assumir umas do que outras?

Testei isto com audiências e descobri coisas fantásticas. E, simultaneamente, aprendi muito sobre um certo contexto em que me encontro envolvido (o da formação em desenvolvimento pessoal).

De uma forma geral, parece ser estatisticamente relevante a dificuldade em assumir a Necessidade da Significância (ser importante, ser reconhecido. ser destacado) face à maior facilidade em assumir a Necessidade da Conexão (fazer parte de um grupo, fazer coisas incondicionalmente pelos outros, ser igual aos outros). O que pode explicar a razão pela qual várias pessoas que conheço insistem no comportamento (de leitura óbvia, na minha opinião!) de dizer que fazem pelos outros aquilo que fazem por si, de disfarçarem os momentos em que sentem Significância com palavras que parecem denotar foco na Conexão... Ainda bem que alguém me ensinou um dia a focar na Estrutura da Comunicação, o que permite deixar tudo isso bem claro!

Esta aprendizagem foi, antes de mais, interessante para eu perceber como com regularidade também eu "confundo" as Necessidades. Ao tornar mais clara a razão pela qual faço o que faço (o que incluiu aceitar a Necessidade da Significância nos momentos adequados), consegui trazer mais congruência interna para a minha Vida. Lembre-se... sempre que age incongruentemente... os outros notam! (e ó se notam...)

Sem comentários: