Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

terça-feira, 5 de abril de 2011

O Dealer e o Baralho

 
Um dos jogadores dirigiu-se junto do Dealer para tirar uma carta do baralho...

Hesitou um pouco, tocou em duas ou três cartas diferentes e finalmente decidiu-se, destacando uma delas do baralho. Receoso, não olhou imediatamente para a face da carta, preferiu respirar fundo e acalmar-se antes de o fazer...

O Dealer, com um sorriso enigmático, perguntou-lhe se ele gostaria de trocar a carta. O jogador disse que não e espreitou a face. Ficou pálido.

O Dealer voltou a perguntar se ele queria trocar a carta. O jogador, timidamente, disse que talvez fosse uma boa ideia.

Quando se preparava para estender a mão para o baralho, que o Dealer conservava aberto nas suas mãos, parou, hesitante. Trocava ou não trocava?

O Dealer, calmamente, disse: "Antes de conheceres o jogo, talvez não percebas qual o valor intrínseco dessa carta, não podendo assim determinar se é boa ou má. E, mesmo depois de conheceres o jogo, talvez continues sem poder determinar o valor da carta, pois às vezes é com cartas más que se alcançam vitórias épicas e com cartas boas que se enfrentam derrotas dolorosas. Lembra-te também que aqui voltarás muitas vezes, e muitas vezes retirarás cartas deste baralho... Eventualmente experimentarás todas as cartas e aprenderás a valorizar cada uma delas, ligando-te às experiências e aprendizagens que cada uma te permitirá, mais do que aos resultados... Queres trocar a carta?"

O jogador, com um sorriso confiante, olhou o Dealer nos olhos e simplesmente disse: "Obrigado, obrigado pela minha carta"...

Sem comentários: