Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Que importância isto tem?





Que importância tem correr?

Ou cozinhar?
Ou pintar?
Ou trabalhar?
Ou fazer amor?
Ou brincar?

Aparentemente, cada uma das nossas actividades tem a importância que decidimos dar-lhe! Fico regularmente maravilhado com este pequeno pedaço de conhecimento, a que chamo mesmo de sabedoria por ter o dom de transformar a vida de quem o decide utilizar.

É que quando aceitamos brincar com a ideia de sermos nós a atribuir o significado às coisas ganhamos poder instantâneo sobre as nossas representações internas da realidade.

Ganhamos a capacidade de alterar a nosso bel prazer o algoritmo que permite ao nosso sistema classificar numa escala de importância os eventos externos e internos!

Quer isto dizer que podemos simplesmente "sacudir" a importância das coisas que não nos agradem ou favoreçam emocionalmente? Talvez seja ligeiramente mais complexo, caro leitor do Neuroestratégia. É que o sistema que se prepara para alterar a importância dada a um certo evento... é o mesmo que produziu a importância dada anteriormente... E aqui reside o ponto central da mudança humana. Quem muda abdica de uma regra em favor temporário de outra.

E é precisamente por isso que me deixo maravilhar pela mudança no ser humano (e, antes de mais, pela mudança em mim). Agora, que importância tem a mudança? Hora de voltar ao início deste texto!

Sem comentários: