Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Que "cabrón"!



Dá pelo nome de Kilian Jornet o mais espantoso corredor de montanha dos nossos tempos. É catalão, tem apenas 24 anos, cumulou recordes atrás de recordes nas mais emblemáticas corridas do mundo (Ultra Trail du Mont-Blanc, Western States, etc) e na subida aos mais famosos cumes dos 5 continentes. É aquilo que em desporto se chama... um monstro! (há algumas semanas venceu novamente no Monte Branco, uma prova de 166kms e 9400 metros de desnível positivo acumulado, em pouco mais de 20 horas!)

Kilian é também um monstro de humildade, habitualmente focado no prazer que obtém durante as suas façanhas, na ligação profunda que sente com a Natureza, no respeito por todos os corredores independentemente dos resultados.

Numa recente entrevista, Kilian foi capaz de, com a simplicidade de um grande campeão, dizer algo que me tocou profundamente. Depois de descrever a sensação de vitória numa competição como algo efémero e que merece a sua atenção apenas enquanto a corrida decorre, sendo esquecido logo depois, Kilian fez uma afirmação extraordinária... Dizia ele que às vezes podes terminar uma prova nos primeiros lugares e não te sentires satisfeito com a tua performance. Muitas horas depois (às vezes no dia seguinte!) vês os últimos corredores a cortar a meta, com um sorriso estampado no rosto e pensas... Que "cabrón", este tipo é que é o verdadeiro campeão!

Obrigado, Kilian, por nos relembrares desta noção simples... A noção de que apenas tu, caro leitor, sabes se ganhas ou perdes. E a vitória é aquilo que experiencias quando tens a noção que deste tudo o que tinhas e mais um bocadinho. Nessa altura, independentemente dos outros, tu és um CAMPEÃO!

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.