Mais info em www.pedrovieira.net

Mais info em www.pedrovieira.net
Mais info em www.pedrovieira.net

domingo, 13 de janeiro de 2013

Vida Mágica - lição 8

O nosso curso já leva um terço e continuamos a equipar-nos para trazer Magia às nossas vidas.
Hoje partilho consigo uma das principais lições que aprendi na minha vida. É algo muito simples e que tem um potencial enorme. Quando corretamente aplicado, este princípio torna-nos mais leves, mais disponíveis, mais relaxados...

Ao longo da nossa vida vamos aprendendo estratégias, criando hábitos, condicionando comportamentos. E, progressivamente, podemos começar a descobrir que algumas coisas funcionam mesmo muito bem para nós e outras não funcionam. E também descobrimos que algumas coisas funcionam relativamente bem só que também têm algum lado menos bom. O que nos pode levar a procurar compensar esse lado menos bom. E começamos a ativar estratégias para podermos lidar com as nossas próprias estratégias! E podemos começar a adicionar complexidade progressiva às nossas vidas. Os anos vão passando e as estratégias vão-se acumulando...

Imagine, por exemplo, alguém que quer começar a ganhar dinheiro. Define como estratégia trabalhar por conta de outrém. Encontra um emprego que lhe permite ganhar o dinheiro que deseja. Por causa deste novo trabalho, decide comprar um carro para poder viajar em menos tempo até ao local do mesmo. Também investe num novo guarda roupa para se poder sentir mais confiante no local de trabalho. Descobre ao fim de algum tempo que acumula stress por causa do trabalho, pelo que começa a procurar atividades que lhe permitam criar equilibrio emocional. Ao fim-de-semana tem agora vontade de se divertir e também vontade extra de estar com a família, pois tem menos tempo para essas coisas durante a semana. Como tem mais stress, cria mais facilmente conflitos com as pessoas de que gosta, por ter menos paciência. O que faz com que procure fazer coisas para as compensar. Ah, e a relação com o chefe no trabalho começa a piorar, pelo que procura reunir-se com colegas para poder desabafar sobre o assunto. Descobre ainda que não gosta muito do trabalho, que tem muita pressão e começa a tornar-se demasiado rotineiro. Começa a dormir mal e a ter dificuldade em relaxar. Percebe onde isto vai dar? Por causa de uma estratégia simples a vida torna-se imensamente complexa!

Hoje é dia de SIMPLIFICAR! É que uma das formas de lidar com as algumas das nossas estratégias  é abandoná-las, deixar de as fazer! Tipicamente, quando confrontadas com esta ideias, muitas pessoas dizem "sim, mas"... O "mas" está relacionado com o facto de a estratégia nos dar originalmente algo de bom. Claro que podemos valorizar e manter isso e simplesmente confrontar diretamente o lado menos bom. Há quem se assuste com isto, pensando "isto quer dizer que para SIMPLIFICAR a minha vida vou deixar o meu emprego, a minha família, os meus hábitos"? Não necessariamente! Apenas quer dizer que posso olhar para a complexidade que criei com uma mentalidade de "como posso tornar isto mais simples e eficiente"!

Vamos SIMPLIFICAR?

Exercício

1. Faça uma listagem das coisas que trazem mais complexidade à sua vida (relações, compromissos, carreira, hóbis, etc)
2. Responda, para cada uma dessas coisas à pergunta "o que ganho ao fazer isto"? (para trazer para o seu consciente os benefícios originais da estratégia)
3. Responda, para cada uma dessas coisas, à pergunta "como posso simplificar isto?" (aceite as suas respostas e fuja ao "sim, mas"...)
4. Escolha pelo menos 2 coisas para implementar na próxima semana como meio de SIMPLIFICAR a sua vida! (e lembre-se que uma das formas de simplificar é... deixar de fazer!)


A Magia pode ser simples! Faça-a!

2 comentários:

Vanja Carla Levinthal de Oliveira Álvares disse...

Ahhhh Pedro! erdi-me um pouco aqui! Por exemplo, se eu escrever que uma das coisas que mais traz complexidade a minha vida é o fato de não ter trabalho/dinheiro porque é, não sei mais o que fazer para "simplificar" isto! Na minha cabeça, seria encontrar trabalho, ter dinheiro mas como fazer isto de forma mais simples e descomplicada? Ajude-me se possível?
Carla Álvares

Pedro Vieira disse...

Não ter um trabalho ou não ter dinheiro não são propriamente estratégias, são resultados. Quais as estratégias que conduzem até esses resultados? São essas que queremos simplificar! Espero ter ajudado!